fbpx

Descubra porque é necessário fazer a revisão tributária regularmente

Você sabia que a revisão tributária também pode ser uma estratégia para redução de custos na sua empresa? Não é novidade que a carga tributária do Brasil está entre as mais complexas do mundo, com 41 mil leis, e isso acaba resultando em gastos desnecessários e erros nas prestações de informações por parte dos negócios.

Além disso, 46 dessas leis passam por alterações quase que diárias e a não conformidade pode afetar o planejamento financeiro da sua gestão. Para não passar por isso, leia este post e confira o que é a revisão tributária e os motivos pelos quais devemos ficar atentos a ela.

O que é revisão tributária?

Trata-se da apuração detalhada de todos os impostos que precisam ser pagos por uma empresa, é a melhor forma para se conhecer os riscos e as oportunidades tributárias, além de garantir a conformidade dos processos! Cujo objetivo é identificar se o negócio está pagando valores acima do necessário. A seguir, veremos alguns exemplos de tributos que devem ser revistos:

  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços — Substituição Tributária (ICMS-ST);
  • Programa de Integração Social;
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);
  •  Imposto Sobre Serviços (ISS).

Por que fazer a revisão tributária?

A burocracia tributária demanda mais do que somente tempo de diretores e funcionários, mas também uma considerável parcela da sua receita. Em razão disso, a importância de fazer a revisão se dá por diferentes ângulos.

Conhecimento dos riscos

O recolhimento inadequado de tributos pode resultar em processos administrativos, multas e execuções fiscais perante o Fisco. Nesse sentido, a revisão tributária permite avaliar o pagamento de impostos e obrigações acessórias para que elas estejam em dia e os riscos na administração sejam previstos, controlados e evitados.

Redução de custos

A revisão tributária viabiliza a elisão fiscal e a identificação de tributos que estão sendo pagos em valores acima do que poderiam. A burocracia tributária é responsável por uma grande fatia de custos que devem ser pagos por empresas.

Quando for avaliar as contas, verá uma diminuição significativa nos custos mensais e anuais das suas atividades.

Identificação de oportunidades

Além da redução de custos, o processo de revisão poderá revelar benefícios fiscais e possíveis créditos tributários, que são de extrema importância para o planejamento financeiro da sua empresa.

Recuperação de impostos

A recuperação de impostos é prevista em lei e trata de créditos tributários que foram reunidos com o pagamento a mais das responsabilidades fiscais dentro de um período de cinco anos. Isso quer dizer que o seu negócio pode receber esse dinheiro de volta.

Contudo, você somente saberá o que foi pago a mais e quanto poderá receber fazendo a revisão tributária.

Prevenção de gastos

Revisar e conhecer a carga tributária da sua empresa evita o recolhimento de valores adicionais e desnecessários, principalmente com a identificação de pontos desconexos e controversos que podem abrir lacunas nas leis.

Como começar a fazer a revisão tributária?

A indicação é que a revisão tributária seja feita a cada seis meses ou, no máximo, anualmente, pois, como dito, as legislações passam por alterações constantemente. Por se tratar de um processo altamente burocrático, complexo e que requer conhecimentos jurídicos, o melhor a ser feito é a contratação de uma consultoria especializada nessa apuração.

Ao deixar de fazer a revisão tributária, você poderá estar jogando dinheiro fora, pois é mais comum do que imaginamos o pagamento a mais de impostos. Então, procure por consultores de confiança e evite esse enorme gasto desnecessário.

Para acompanhar dicas e novidades que ajudarão na sua gestão, siga as nossas redes sociais. Esperamos você no Instagram, Facebook, Twitter e também no nosso canal no YouTube.