fbpx

5 dicas para pagar menos impostos e alcançar a economia tributária

Desde já, saiba que algumas medidas são indispensáveis para que um negócio seja bem-sucedido. A experiência demonstra que uma delas, sem a menor dúvida, é a melhora da gestão fiscal da empresa para que ela possa pagar menos impostos. Afinal, a adoção de práticas que favoreçam a economia tributária é fundamental para diminuir o impacto dos tributos sobre as finanças da organização.

Com uma gestão fiscal profissional e estratégica, você perceberá que é perfeitamente possível aumentar o lucro do seu negócio. Além de ganhar fôlego, você passa a ter uma reserva destinada aos próximos investimentos na empresa. Portanto, a base de tudo isso está justamente em um gerenciamento tributário eficaz.

Sendo assim, você quer ver como isso funciona na prática? Confira agora mesmo cinco dicas para finalmente conquistar uma economia tributária sólida e sustentável!

1. Escolha o melhor regime tributário

Antes de tudo, o primeiro passo é analisar minuciosamente quais são as opções de regimes tributários que se encaixam melhor nas atividades da empresa. Dada a complexidade do sistema tributário brasileiro, essa decisão não é simples. Até o próprio Simples Nacional pode se tornar uma escolha relativamente complicada.

Antes de aderir a qualquer modelo tributário, você deve observar com cuidado qual é o mais econômico. Muitas vezes, uma adesão ruim implica o pagamento indevido de tributos. Até o momento em que o erro for identificado, a empresa corre o risco de sofrer perdas financeiras muito elevadas.

Há, por exemplo, empresas enquadradas no Lucro Presumido que pagam um montante em tributos superior ao que seria cobrado se elas estivessem no Lucro Real. Mas isso não significa que todo negócio deve simplesmente migrar de um modelo para outro. Tudo deve estar amparado em uma avaliação detalhada, caracterizada pela exploração de diferentes cenários.

Basicamente, é importante considerar que a análise do regime de tributação vai além do limite de faturamento anual da organização. A fim de identificar qual é modelo de tributação mais econômico, convém comparar os gastos da empresa em todos eles.

2. Faça um planejamento tributário para pagar menos impostos

Com esse planejamento, você preparará a empresa para praticar a elisão fiscal. Com o modelo de tributação ideal e um gerenciamento impecável dos tributos a serem recolhidos, a empresa pagará somente o que deve ao Fisco.

Ainda assim, vale dizer que o planejamento tributário também precisa avaliar os benefícios fiscais concedidos pelas esferas municipal, estadual e federal. Com uma equipe de profissionais especializados no assunto, sua empresa sempre conseguirá efetuar uma economia tributária bem satisfatória.

3. Reduza o pró-labore

Outro fator que aumenta os gastos com tributos são os pró-labores altos. Tenha em mente que o valor em questão sofre incidência de cobranças desnecessárias. Portanto, trata-se de uma ação decisiva para diminuir a carga de tributos imposta à empresa.

Nesse sentido, o melhor caminho seria a antecipação de dividendos, já que eles estão livres de determinados tributos. Porém, lembre-se de que essa alternativa é viável apenas se a empresa estiver com uma boa saúde financeira.

4. Antecipe o pagamento de tributos

A agenda de pagamento de tributos também precisa estar em dia. Caso sua empresa costume atrasar alguns pagamentos, verifique o total pago em multas e juros. Você pode se surpreender com o volume de dinheiro economizado a partir de uma rotina de pagamentos extremamente pontual.

Existem também meios de prolongar algumas datas de vencimento sem pagar nada a mais por isso. Aqui, destaca-se a atualização constante da legislação tributária.

5. Adote a inovação tecnológica necessária para pagar menos impostos

Acima de tudo, a tecnologia deve ser uma parceira do seu negócio. A rotina de pagamento de tributos mencionada há pouco depende de um software que automatize os procedimentos envolvidos. Com uma ferramenta moderna, você ganha agilidade e também evita prejuízos causados por falhas humanas.

Por fim, outro aspecto imprescindível na busca da economia tributária é a atuação de uma consultoria dedicada ao assunto. Com o suporte de profissionais qualificados, você terá a certeza de que sua empresa ficará totalmente alinhada à legislação fiscal vigente. Na prática, isso se reflete em menos gastos e mais lucro.

Enfim, agora que você já conhece essas cinco dicas essenciais para uma gestão tributária efetiva, compartilhe-as com seus amigos nas redes sociais! Visite nossa página do Facebook ou veja nossas fotos no Instagram!