fbpx

Não cometa mais estes 4 erros na folha de pagamento

As empresas devem estar em dia com inúmeras obrigações fiscais, entre elas a folha de pagamento, que deve constar de forma completa e correta no e-Social. A complexidade do assunto faz com que muitas empresas cometam erros na folha de pagamento, porém ainda são equívocos que podem gerar prejuízos impactantes às contas da empresa, além de muitos problemas no fluxo de trabalho.

Se você quer minimizar danos financeiros à sua empresa, então continue esta leitura! Aqui trazemos os 4 erros mais comuns de serem cometidos em relação à folha de pagamento e como evitá-los. Confira!

1. Cometer falhas nos cálculos

Há vários percentuais que incidem sobre os salários dos profissionais. Alguns exemplos de cálculos que devem ser realizados pelos responsáveis são:

  • Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF);
  • Contribuição sindical;
  • INSS;
  • Horas extras;
  • Adicionais (como noturnos, periculosidade, insalubridade), se houver;
  • Benefícios;
  • Faltas.

Durante a elaboração da folha de pagamento, há grandes riscos de que falhas matemáticas ocorram. Isso ocorre principalmente quando a folha é feita manualmente ou por planilhas no Excel. Porém, esse problema pode ser resolvido com a geração automática do documento, já que assim os cálculos são sempre feitos corretamente.

2. Não considerar as mudanças fiscais e trabalhistas

A legislação fiscal e trabalhista está constantemente passando por alterações, fazendo com que seja fundamental que os gestores do RH se mantenham atualizados e sigam todas as novas disposições legais; caso contrário, o negócio pode arcar com diversas causas ou multas trabalhistas.

Pode ser bastante difícil para os gestores manterem estudos diários sobre o assunto, mas é possível usar softwares de gestão que sejam constante e automaticamente atualizados em relação às novidades legislativas.

3. Deixar de atualizar os dados

Além de se atualizar perante a legislação, é fundamental que o setor de RH atualize os dados dos colaboradores internamente. Alguns exemplos de erros que podem ocorrer é continuar enviando remuneração a um profissional que já se desligou da empresa ou esquecer de atualizar o salário, os benefícios e os encargos de um profissional que foi promovido.

4. Errar na previsão de custos

Muitas vezes, as empresas controlam bem a folha de pagamento por vários meses, porém se esquecem de se preparar para fazer o pagamento do décimo terceiro. Isso evidencia uma grande deficiência no planejamento da empresa e pode gerar complicações trabalhistas.

É muito importante que a empresa se prepare durante o ano para ter capital de giro para fazer esse pagamento, seus encargos trabalhistas e demais direitos.

Todos os problemas listados são solucionados com a contratação de uma boa consultoria contábil, que realizará um diagnóstico de erros e aplicará as medidas para solucioná-los.

Se você quer aproveitar esse serviço, a X7 Consultoria é uma ótima opção, pois oferece outsourcing e automação da folha de pagamento e, assim, garante benefícios como a redução de custos e erros, otimização de tempo, maior eficiência financeira e muito mais.

Apesar de erros na folha de pagamento serem comuns nas empresas, ainda são falhas que trazem muitos prejuízos ao negócio. Mas você pode resolver esses problemas com uma boa consultoria e automação da geração do documento e ainda é possível recuperar impostos pagos a maior .

Interessou-se pelo serviço de consultoria? Entre em contato conosco agora mesmo e receba já o suporte de especialistas capacitados, transparentes e experientes na área.