fbpx

Entenda o que é margem de contribuição e como calculá-la!

Sabia que um negócio pode estar com bons níveis de vendas, mas não apresentar lucro satisfatório? O problema dessa situação pode estar na sua margem de contribuição.

Esse é um conceito que está diretamente relacionado à precificação. Essa ligação se dá pelo fato de que é responsabilidade da sua gestão identificar quais produtos ou serviços geram melhor retorno para o seu caixa. Além, é claro, de o valor praticado ser o suficiente para gerar lucratividade e ainda pagar as despesas.

Entenda do que se trata a margem de contribuição, como calculá-la na sua empresa e qual a importância dela para os seus processos internos.

O que é margem de contribuição?

A margem de contribuição, ou ganho bruto, é o valor que sobra das receitas de suas vendas para pagar os custos fixos e despesas variáveis. Portanto, é a quantia que você disponível em caixa para quitar as contas da empresa e, depois disso, obter lucro.

Entretanto, é preciso tomar cuidado para não confundir esse conceito com a sua margem de lucro, que é a porcentagem que revela o valor que a sua empresa ganha em cada venda. Para isso, são descontados os impostos, juros, depreciação e qualquer despesa relacionada ao item ou serviço.

Ela mostra quanto o lucro de cada venda está contribuindo para o seu negócio quitar os gastos da empresa.

Como calcular a margem de contribuição?

Para conhece-la, é necessário saber o valor dos custos variáveis e das despesas variáveis do negócio. O primeiro conceito se refere aos valores de venda, de mercadoria ou dos serviços vendidos. Já o segundo diz respeito aos gastos que estão ligados à sua produção e que variam conforme a quantidade de vendas. A fórmula é:

Margem de contribuição = receita das vendas – gastos (custos variáveis + despesas variáveis)

Para exemplificar, suponhamos que a sua receita do período avaliado tenha sido de R$100.000,00, os custos variáveis de R$50.000,00 e as despesas variáveis R$30.000,00. Logo, a sua margem de contribuição será de R$20.000,00, ou 20%.

Afinal, qual é a importância da margem de contribuição?

Além de ser uma informação valiosa para embasar a precificação, a margem de contribuição revela outro aspecto do seu negócio: a lucratividade. Se a quantia encontrada nela for maior que o valor das suas despesas fixas, é sinal de que a sua empresa está gerando lucro.

Entretanto, se o valor das despesas for maior que a margem de contribuição, o resultado é prejuízo. Dessa maneira, esse é um indicador que revela a necessidade de fazer alterações nos preços praticados.

Independentemente do segmento ou porte do seu negócio, a ela é uma informação de extrema importância, principalmente para avaliar o seu lucro e o resultado das suas vendas. Então, mantenha um bom controle, faça os cálculos e trace metas e estratégias considerando os resultados desse e outros indicadores.

O que acha de receber mais dicas e novidades? Basta assinar a nossa newsletter para ficar por dentro das nossas atualizações!